sábado, 30 de abril de 2011

Dia da mãe..

2 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

"A chuva, outra vez sobre as oliveiras.
Não sei por que voltou esta tarde
Se minha mãe já se foi embora,
Já não vem à varanda para a ver cair,
Já não levanta os olhos da costura
Para perguntar: Ouves?
Oiço, mãe, é outra vez a chuva,
A chuva sobre o teu rosto."




Eugénio de Andrade

maria disse...

Daniel, Eugénio de Andrade descreveu muito bem a partida.
Eu acredito que a dor da separação não afasta a felicidade de um dia as termos tido connosco.
Beijo amigo....eu sou uma pessoa de fé e o CÉU está lá....