quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Este é o REX


O pedigree dos cães da Serra da Estrela, segundo se diz com algum sangue introduzido na sua criação, são criados em canis nos arredores de Gouveia. O cão da SERRA DA ESTRELA faz parte de uma das raças mais antigas da Península Ibérica, mas não dispomos de nenhuma informação concreta quanto às suas origens.
Há quem defenda a teoria de que no tempo dos Visigodos foram sendo lentamente introduzidos, em várias partes da Europa, cães de grande porte, vindos do planalto asiático. O cão de protecção de gado era utilizado fundamentalmente em zonas montanhosas e acompanhava os pastores e rebanhos nas suas migrações anuais, para os defender dos lobos e dos assaltantes.
A Serra da Estrela, pelo seu isolamento e dificuldade de acesso, tornou-se o solar desta raça canina.
 Temperamento
Cada Raça tem o seu carácter especifico desenvolvido ao longo da sua existência. O cão de pastor permanecia sempre com as ovelhas, enquanto o pastor se afastava para ir à aldeia. Assim o cão desenvolveu um carácter independente e se formou o seu carácter de excelente cão de guarda.
Este carácter um pouco independente faz com que esta raça se adapte muito bem aos tempos modernos, nos quais muitos cães devem esperar que os donos regressem do trabalho no fim do dia.
O SERRA DA ESTRELA consegue esperar pacientemente, guardando a casa e o jardim, até que o dono volte a casa no fim do dia.
Mas uma coisa é certa: o comportamento do cão fica a dever-se sobretudo à educação que recebeu do seu dono e ao convívio com o mesmo.
A beleza deste cão, a sua inteligência e a robustez, são características que lhe permitem ser mais do que um excelente guarda: ele é também um bom cão de família e muito tolerante com as crianças.
O seu pêlo áspero ajuda-o a sobreviver ao Inverno rigoroso da elevada altitude e dantes a sua força permitia-lhe defender os rebanhos dos lobos.

 História
O pedigree dos cães da Serra da Estrela, segundo se diz com algum sangue introduzido na sua criação, são criados em canis nos arredores de Gouveia. O cão da SERRA DA ESTRELA faz parte de uma das raças mais antigas da Península Ibérica, mas não dispomos de nenhuma informação concreta quanto às suas origens.
Há quem defenda a teoria de que no tempo dos Visigodos foram sendo lentamente introduzidos, em várias partes da Europa, cães de grande porte, vindos do planalto asiático. O cão de protecção de gado era utilizado fundamentalmente em zonas montanhosas e acompanhava os pastores e rebanhos nas suas migrações anuais, para os defender dos lobos e dos assaltantes.
A Serra da Estrela, pelo seu isolamento e dificuldade de acesso, tornou-se o solar desta raça canina.
 Temperamento
Cada Raça tem o seu carácter especifico desenvolvido ao longo da sua existência. O cão de pastor permanecia sempre com as ovelhas, enquanto o pastor se afastava para ir à aldeia. Assim o cão desenvolveu um carácter independente e se formou o seu carácter de excelente cão de guarda.
Este carácter um pouco independente faz com que esta raça se adapte muito bem aos tempos modernos, nos quais muitos cães devem esperar que os donos regressem do trabalho no fim do dia.
O SERRA DA ESTRELA consegue esperar pacientemente, guardando a casa e o jardim, até que o dono volte a casa no fim do dia.
Mas uma coisa é certa: o comportamento do cão fica a dever-se sobretudo à educação que recebeu do seu dono e ao convívio com o mesmo.
A beleza deste cão, a sua inteligência e a robustez, são características que lhe permitem ser mais do que um excelente guarda: ele é também um bom cão de família e muito tolerante com as crianças.


1 comentário:

Kotta1947 disse...

Parece um serra da estrela. É lindo. Bjo.