sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Este é o FERA + UM Cá para o quintal....É UM HUSKY SIBERIANO BÉBÉ


LINDO, NÃO É?



Ao imaginarmos um Husk, parece que temos a impressão de vê-lo puxando um trenó, trabalho ao qual ele foi designado, quando originalmente foi desenvolvido. A aparência é mesmo de um lobo, e isso, sem dúvida é o maior atrativo que ele tem na decisão de alguém querer ter um. O olhar é penetrante e a cor dos olhos azuis parecem iluminar ainda mais sua aparência, em contraste com os pêlos, tornando-o um cão exótico. Embora as pessoas o queiram por causa de sua aparência, os criadores chamam a atenção para não tornarem esse ato impulsivo, pois muita gente não conhece as peculiaridades da raça, nem como tratá-lo corretamente.



Temperamento



O temperamento do Husk é extremamente independente e ativo, e isso pode decepcionar quem o compra só pela aparência. Embora seja um cão muito dócil com as pessoas, ele não deixará escapar de seus dentes, pequenos e grandes objetos. Às vezes, nem os móveis escapam. Quem tem um Husk sabe que já viu alguns sapatos destruídos pela casa e muitos outros objetos.



Os criadores sérios e preocupados com a criação, não vendem por exemplo, para pessoas que moram em apartamento ou que não têm espaço suficiente para que ele possa se exercitar. Além de tudo isso, na época de muda, o Husk perde muito pêlo e muitas pessoas nâo têm a menor paciência com isso.



Os seus músculos são tão fortes como sua energia, por isso os muros de onde ele vai viver, devem ser altos o suficiente para que ele não pule, pois adora uma aventura e por isso precisa ser vigiado. Acaba sendo uma mistura de selvagem e travesso. Por isso mesmo, não espere submissão dele. Ele o olhará frente a frente, sem temor algum, em contra partida, você terá um amigo fiel.



Você também quase não o verá latir, em compensação vai escutá-lo uivar muito, quase que mantendo suas origens de lobo.



Ele não só vai ser dócil com os de casa, como os que a visitarem. Pulará no colo das pessoas, se deitará para receber afago delas. Os criadores só não recomendam deixar crianças muito pequenas com ele. Logicamente ele não as fará nenhum mal, mas como gosta de pular em cima de todo mundo, pode fazer o mesmo com elas e as machucarem.



Em geral, eles não convivem bem com outros cães, pois gostam de imperar, principalmente os machos. Animais de pequeno porte não são bem vindos por eles, pois irão encará-los como presas. Isso inclui: gatos, roedores em geral, pássaros, galinhas etc.


3 comentários:

Kotta1947 disse...

De Fera não tem nada é um amoroso, esperemos pelo seu crescimento. Bjo.

Maria disse...

AMIGA O CACHORRO É AMOROSO E AINDA POR CIMA PARECE QUE TEM OLHO AZUL, OU É DA FOTO?
MAS É LINDO .

BOM FIM DE SEMANA

:)) DOCE CARINHO

Helena Teixeira disse...

Olá Maria!
O Fera é uma fofuraaaaaaaa! Eu tenho uma Kyara, uma labradora.Adquiri-a com dois meses e meio de idade e fará 2ª-feira,um ano que a fui buscar a Aveiro. Hoje ela tem um ano e dois meses,é uma doida,mas a doçura em animal.

Jocas gordas
Lena